Publicado em

Dicas para montar uma lancheira saudável para o seu filho

Seu filhote é daqueles que torce o nariz para a comida e dificulta a sua vida na hora de comer? O lanche do recreio é um ótimo momento para adicionar novos alimentos na rotina do seu pequeno.

Salgadinhos, bolachas, bisnaguinhas e suco de caixinha são itens comuns na alimentação de muitas crianças, principalmente como lanche entre as principais refeições. O grande problema é que esses alimentos escondem riscos à saúde. Seu consumo excessivo pode causar problemas graves, como obesidade, diabete, hipertensão e dislipidemia, ou seja, elevação da gordura no sangue.

Uma boa alimentação previne a obesidade, as doenças cardíacas e o aparecimento de diabetes. Por isso, separamos algumas dicas para você montar a lancheira perfeita:

  • Na escolha dos pães, prefira os integrais, multigrãos, de arroz, mandioca, cenoura ou de milho e podem ser preparados com ricota, queijo tipo cottage ou cream-cheese como base. Deixe de lado pães brancos, bisnaguinhas, bolachas recheadas e salgadinhos que tem gorduras
  • Escolha lancheiras térmicas, elas permitem uma melhor conservação dos alimentos e mantém a comida fresquinha.
  • Incentive seu filho desde cedo a ingestão de líquidos, principalmente água. Se preferir sucos naturais, polpas ou sucos integrais livres de corantes, acidulantes, sódio e açúcar também são indicados.
  • Abuse da variedade das frutas, saiba as preferidas do seu filho e faça um revezamento durante a semana para ele não enjoar.  É recomendado que as frutas estejam na lancheira já lavadas e secas, em potes vedados. Uma dica legal para deixar a alimentação do seu filho mais divertida é cortar as frutas em formatos divertidos. Aproveite as frutas da estação, além de mais saborosas tem menor custo.
  • Seu filho gosta de bolos? Não deixe essa opção de fora da lancheira! Opções mais saudáveis e saborosas, como de cenoura, limão, coco, laranja e até o de chocolate com cacau em pó são ótimas e saborosas. Escolhas mais saudáveis é trocar a farinha de trigo refinada pela integral, aveia ou biomassa de banana verde. O açúcar comum pode ser substituído pelo mascavo.

Lembre-se, a chave de regular uma alimentação saudável para o seu filhote é: menos processados e mais produtos naturais. Porém, permita às vezes que seu filho escolha o que quer comer. É necessário um equilíbrio para que a criança não perca o interesse pelo seu lanche.

E aí gostou das nossas dicas? Deixa aqui nos comentários dicas e sugestões para novos posts e até a próxima! <3 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *